Crimes que ficaram na História - O estranho caso de JonBenét Ramsey

12:00

Olá amigos, hoje vamos começar uma nova serie de post, sobre onde vou comentar sobre crimes, que aconteceram e demoram anos para serem desventrados ou que até hoje ainda não foram resolvidos. Uma forma de pormos os nossos instintos de detective a prova despertando o sherlock holmes que temos dentro de nós.


O primeiro caso que trago é o de uma menina, Jonbenét Ramsey, assassina com apenas 6 anos, este é um dos mistérios das ultimas décadas, quem matou uma menina indefesa, dentro da própria casa.

Jonbenét nasceu à 6 de agusto de 1990 no ceio de uma família de classe alta, era a filha mais nova do casal Ramey, tinham um filho que era 3 anos mais velho, desde muito cedo começou a seguir as pisadas da mãe entrando em concursos de beleza.

A 26 Dezembro de 1996 a suspeita de rapto termina num homicídio. Esta história termina por ser um pouco confusa, e talvez surreal pela forma como se desenvolveu, desde o momento que é realizada a chamada a pedir ajuda a policia até ao momento em que é o próprio pai a encontrar o corpo e o retirar do local.

Durante décadas esta foi um daqueles casos que fez correr muita tinta, pois ninguém tinha as respostas para o que teria acontecido dentro daquela casa e quem era o responsável pela morte desta criança. E passados 20 anos este caso continua por ser resolvido.

Vamos tentar perceber um pouco do que se passou, no dia 26 de Dezembro a mãe de Jonbenét liga para o numero de emergência, dizendo que a sua filha tinha sido raptada e que havia uma carta ameaçando a família, como é natural a família prontamente se colocou a disposição da policia assim que chegaram ao local, enquanto a policia investigava a habitação dos Ramsey, o pai de Jonbenét que se encontrava sentado num dos quartos da casa juntamente com um policia se levantou e foi direito a cave da casa onde encontrou o corpo já sem vida de Jonbenét, sem dando hipótese para a policia poder recolher as provas do local do crime, o pai retirou o corpo da cave e levou para uma das salas e colocou no chão para minutos depois voltar a remover e colocar em outro local, contaminando assim a cena do crime.

Jonbenét foi encontrada coberta por um cobertor com os braços para cima e com uma corda em volta do pescoço, como mostra a imagem, e com sinais que deveria ter levado uma forte pancada na cabeça que teria a causa da morte.


Uma carta deixada nas escadas ameaçando a família foi o que despertou que poderia ter sido um intruso a ter cometido o crime, uma tentativa de rapto mal sucedido. Mas tudo isto só levantou mais suspeitas, para o que realmente se teria passado.

Na imagem mostra onde e como foi encontrada a carta
Para conhecerem um pouco melhor a história aqui fica a primeira parte do documentário sobre o caso, onde reconstruiram o caso em busca de resposta para todo este mistério.


Após  visualização desta primeira parte podemos perceber que após a descoberta do corpo o comportamento da família se alterou, amigos tiveram que ser calados, derivado a condição social que tinham, a ordem era para serem tratados como vitimas e não como culpados. pois queriam passar a imagem que havia uma assassino a solta, facto que foi deitado a baixo muito facilmente, outro facto foi a entrevista dada para uma estação de televisão antes de serem convocados pela policia para prestarem declarações.

Outro facto foi como a mãe fez a chamada a pedir ajuda a forma estranha e a pressa com que "desligou", todos estes pequenos pormenores, levanta desconfiança que talvez este casal esteja a tentar encobrir um crime que foi cometido dentro da própria casa.

Vamos agora a segunda parte do documentário, e ver que talvez a chave para a resolução para o caso esteja nas mãos no irmão desta menina que durante toda a investigação foi colocado de parte.


A conclusão que chego é que tudo foi fabricado a carta a forma como o corpo foi escondido e posteriormente encontrado, e mudado de lugar varias vezes, até a forma como as investigações foram conduzidas, se repararem bem nas conversas que eram feitas com o irmão, via-se que ele sabia de algo, até mesmo como Jonbenét tinha morrido.

Uma das teorias que surgiram, que alguém teria entrado pela janela que existia na cave, neutralizado a menina, violado e finalizado com o assassinato da criança, teoria essa que foi deitada por terra através da reconstituição da cena do crime e provas da autopsia feita na altura, foi só um esquema para afastar atenção dos investigadores para o que realmente aconteceu dentro daquela casa.


Outro factor que deixa muita gente intrigada, e que também me deixou a pensar, foi a data que colocaram na lapide, supostamente Jonbenét teria morrido no dia 26 mas foi colocado dia 25, será que os pais sabiam a data certa em que a filha teria falecido? supostamente não sabiam de nada, e não foram os responsáveis pela morte na filha. Muitas são as perguntas e todas elas sem respostas.

Será que o assassino foi Bruke o irmão de Jonbenét que num momento de raiva, matou a irmã e os pais encobriram para não perderem mais um filho?

Infelizmente este será um daqueles casos que nunca se saberá a verdade e o culpado ou culpados já mais pagaram pelo que fizeram, e uma menina inocente perdeu a vida no lugar onde supostamente estaria segura perto da sua família, as únicas pessoas que estavam dentro na casa na hora em que faleceu.

Espero que tenham gostado, este tipo de post sairá todas as sextas
Qual a vossa opinião sobre o caso?
E é tudo por agora PEACE

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Like us on Facebook