Livorno, Florença e Pisa - Dia 3

23:00

Olá amigos hoje estou em Livorno, dia 11 de julho, Itália terra que todos queremos visitar pela sua historia, arte, cultura, moda, e são muitas as cidades que fazem despertar esse desejo de partir em aventura e conhecer este Bello Paesse (belo país).

Livorno é a porta para podermos visitar Florença, Pisa e Tuscania, e se pensas que uma semana chega para ver os pontos mais importantes estas muito enganado pois são locais que se te acabares perdendo não iras te arrepender pois em cada esquina tem algo para ver, algo aprender, uma mistura entre as varias épocas marcantes vivida em Itália.
Livorno

Florença


Mas vou falar do que mais gostei  durante a minha visita a esta cidade, foi algo complicado pois Florença é uma cidade lindíssima, como todos aqueles prédios antigos, as pontes a ligarem uma margem a outra que faz lembrar Veneza, podia ficar o dia a falar de Florença, pois é um sonho de cidade, mas vou falar da cidade de Pisa pois não estava a espera de me surpreender tanto pela positiva, por ser um espaço pequeno e ser assim.

Cidade de Pisa é conhecida mundialmente por ser a casa da Torre inclinada de Pisa. A Torre de Pisa encontra-se na Piazza dei Miracoli, Praça dos Milagres (em português) é a zona principal desta pequena cidade, para alem da Torre de Pisa podemos também encontrar, Duomo (Catedral), Battistero di San Giovann (Baptistério, igreja Baptismal), Camposanto (cemitério) e por fim o Museo del'Opera del Duomo (Museu da catedral). Para poder entrar e poder usufruir da sua beleza é preciso pagar, existe um pacote de 9 euros por pessoa para poder visitar o Baptistério, o Museo, e o Duomo, para visitar a Torre Pisa o valor ronda os 18 euros e a filha para subir é muito grande pois são formados grupos de 14 pessoas que sobem em intervalos aproximados de 20 minutos.


A história da origem da Torre de Pisa é bastante engraçada com inicio em 1172, pois a mesma não passou de um erro e o engenheiro ao ver que a torre estava a ficar cada vez mais inclinada mandou parar a obra no terceiro andar e fez de todo para ninguém saber quem era o responsável da obra e foi tão bom nisso que até hoje ninguém sabe quem foi, esta obra ficou parada por quase um século e os últimos 5 andares foram da autoria de Giovanni di Simone que consegui equilibrar a torre e podermos usufruir da sua beleza.

Fora das muralhas da Piazza dei Miracoli podemos encontrar varias bancas a vender recordações para todos os gostos e os preços não são muito exuberantes pois da regatear o valor que pedem e acabamos por comprar a menos de metade do valor original.

Os meios de transporte entre as cidades de Livorno, Florença, Pisa e Tuscania aconselho vivamente a fazerem de comboio por ser mais económico e termos uma maior liberdade para vermos o que queremos sem depender de horários.

Espero que tenham gostado e ficado a conhecer um pouco mais e também ficado com mais curiosidade em visitar Itália.
E é tudo por agora Peace

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Like us on Facebook