Dia dos Namorados Uma Jogada de Marketing

12:00

Olá amiguinhos, vamos lá começar a falar de amor só que não, vamos ver esta época com outros olhos e ver que conseguimos chegar ao porque de terem inventados esta comemoração, pois tem tudo menos haver com o amor.

Como todas as épocas festivas o dia dos namorados não é diferente, algumas semanas antes começamos a ver as lojas decoradas, promoções super especiais, e claro sem esquecer daquelas coisinhas super fofas típicas da comemoração.

Mas esta data realmente nasceu do amor que prevalece acima de tudo, pois São Valentim é apenas um santo reconhecido pela Igreja Católica e acabou por dar nome ao Dia dos Namorados. Sendo que a sua historia vem da época do imperador Cláudio II, que durante o seu governo, proibiu a realização de casamentos, com o objetivo de formar um grande e poderoso exército. O Imperador acreditava que os jovens, que não tivessem família, ou esposa, iam alistar-se com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo após a proibição. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte.

São Valentim a receber o Santo Rosário das mãos da Santíssima Virgem Maria
Sim eu sei história romântica e dramática, sendo que este dia seria para celebrar o Santo mas pelo que vemos não é isso que acontece, e cada vez mais as pessoas não sabem que é realmente um santo e não um cupido.

Como é natural todo o que é superfície comercial ou marcas tiveram que tirar proveito deste dia, e o poder do marketing nesta altura entra em ação, mostrando cada vez mais que a felicidade esta nos bens materiais e não nos simples gestos de atenção e carinho, afinal vender é o que interessa e nós somos as maquinas consumistas que vamos atrás do que vemos.

Vamos pensar um pouco será que precisas aquele conjuntos especial que só sai em comemoração ao dia, ou aquela roupa que esta a um preço especial, será que o valor ou a marca das ofertas neste dia têm que ser mais importante do que uma simples carta a dizer o quanto és especial para essa pessoa, ou até uma delicada flor esta a perder o seu valor, não só por neste dia subirem o seu valor, mas também por ser algo tão banal que já não querem receber.


A conclusão é que este é só mais um dia para vender, para aumentar a cede consumista que existe em cada um de nós, e o amor onde fica no meio disto tudo?

O amor é um sentimento para ser vivido e não comprado ou alimentado através de prendas caras ou exclusivas do "Dia dos Namorados", se tens alguém especial na tua vida por que não és tu a fazer a oferta ou escrever uma simples carta, ou até mesmo dar aquele passeio que têm adiado por tanto tempo.

Vive a vida com as coisas mais simples, e os sentimentos quando são demonstrados da forma certa e simples, serão sempre as melhores lembranças que terás, pois os bens materiais esqueces facilmente mas agora um gesto, um carinho uma palavra ficam marcados em nós para sempre.

E é tudo por agora PEACE

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Like us on Facebook